★★★★★... Bem vindos a rede mundial de computadores... Bem vindos ao portal de notícias O Bê-a-bá do Sertão... ★★★★★... Fundado em 2002...★★★★★...12 anos de atuação ...★★★★★ Você está no maior portal de imagens do Estado da Paraíba, pioneiro no segmento...★★★★★ Where there is no vision, the people perish ★★★★★ Mais do que a fortuna vale o mérito... Cada homem vale, não pelo que tem, mas pelo que é...★★★★★
















Tamanho
da fonte
A- A+
Comentar Imprimir



31.03.2011 - Preservação e conservação:

Parque Arqueológico Itacoatiara do Ingá é tema de audiência no MPF



Campina Grande(PB) - Atendendo ao convite da Procuradoria da República no Município de Campina Grande, o superintendente do IBAMA na Paraíba, o Analista Ambiental Ronilson José da Paz, participou de audiência no dia 29 de março, para discutir a preservação e conservação do Parque Arqueológico Itacoatiara do Ingá, localizado no Município de Ingá-PB.


Com a presença do Ministério Público Estadual de Ingá, do Prefeitura Municipal de Ingá, através do Prefeito, Procurador e Secretaria Adjunda de Turismo e Desporto, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional(IPHAN), Procuradoria Geral do Estado e Superintendência do IBAMA na Paraíba, foram discutidas as ações que estão sendo executadas por cada ente, visando a execução do projeto que implementará o Parque Arqueológico Itacoatiara do Ingá, que terá cerca de 32 hectares.



A pedra de Ingá, ou itacoatiara, é formada por blocos de gnaisse divididos em três paineis, tendo o bloco principal com dimensão de 24 metros de comprimento por 3,8 m de altura. Há muitos sulcos e pontos capsulares seqüenciados, ordenados, que lembram constelações, embarcações, serpentes, fetos e variados animais, todas parecendo o modo que os indígenas ou os visitantes de outras latitudes tinham para anunciar ideias ou registrar fatos e lendas, que apresenta um grande potencial turístico e cultural, entretanto explorado de maneira extremamente irregular.


No final da audiência, o Procurador da República editou recomendações para cada ente público presente. Para o IBAMA-PB ficou o compromisso de analisar o projeto executivo para a implantação do Parque Arqueológico Itacoatiara do Ingá, em conjunto com o IPHAN, bem como a fiscalização da área, à luz da Lei dos Crimes Ambientais(Lei no 9.605/1998).



A Pedra do Ingá
O sítio arqueológico Pedra do Ingá é um conjunto rochoso no interior do estado da Paraíba(no Nordeste do Brasil) repleto de intrigantes inscrições rupestres, extraordinariamente complexas, produzidas em baixo-relevo extensamente ao longo de um paredão rochoso de 46m de comprimento por 3,8m de altura, que se eleva sobre um lajedo do riacho Bacamarte, no município de Ingá.



As inscrições, que ocupam 15m de extensão por 2,3m de altura no paredão, apresentam-se esmeras, com diversos sinais ambíguos, compondo um surpreendente sistema de signos que foram gravados num passado ignoto através de sulcos largos, profundos e muito bem polidos.


Naturalmente, muito se conjectura sobre a origem destas intrigantes gravuras, que são atribuídas a finalidades e artífices diversos; desde antigas etnias indígenas até povos vindos de outras longitudes continentais ou alienígenas vindos do firmamento sideral. O certo é que até o presente não existe um prognóstico definitivo sobre este instigante mistério do passado.



Este célebre sítio arqueológico dista apenas 87km da capital paraibana, e todo o percurso é feito por rodovias asfaltadas. Partindo de João Pessoa, através da BR 230, na altura do km 118 se toma uma estrada estadual à esquerda(PB 095), cuja sinalização aponta como via de acesso para a cidade de Ingá que está a 5,5km dali. A cidade de Ingá é um pequeno núcleo urbano, com cerca de 17mil habitantes, que ainda exibe inúmeros registros arquitetônicos de sua história.



Cruzando a cidadezinha, o visitante toma a estrada de acesso ao município de Itabaiana, também asfaltada, dirigindo-se para leste por mais 3km até onde, logo após o cruzamento da malha ferroviária, a estrada bifurca; dali, segue a via à direita por mais 2,5km até encerrar a estrada, chegando à localidade de Pedra Lavrada, cujo nome vem de longas datas e se deve às inscrições da Pedra do Ingá.


Na localidade há um bar-restaurante, onde o visitante poderá se alimentar, descansar, comprar lembranças e livros sobre a Pedra e também há um museu, onde também poderá ver inúmeras outras relíquias do passado pré-histórico da região.


A Pedra do Ingá está a apenas 50m nos fundos desta estrutura, onde o visitante poderá se maravilhar e refletir com o mais famoso, vivaz e magnificente monumento de arte pré-histórica do Brasil, cuja imponência harmoniosa e expressiva é tamanha que se o historiador grego Heródoto o tivesse visto, sem dúvidas, o teria incluído entre as Maravilhas do Mundo Antigo.



* Redação com IBAMA-PB.



       



voltar

Comentário(s)

Incrível! estou sempre buscando esse tipo de coisa, é muito bom saber q coisas assim também existem no Brasil, é lindo e misterioso, d+!.

 Taty | taty4dark@gmail.com | Caxias do Sul/RS
22.01.2012   -  15:14




Deixe o seu comentário
Nome (requerido)
E-mail (requerido)
Cidade (requerido)
Estado (requerido)
Comentário (requerido)
Quantidade de caracteres restantes:
Deseja que seu comentário seja PUBLICADO?
Sim Não  



Respeitamos o direito de opinão e expressão. O espaço para comentários é um espaço democrático destinado às opiniões relativas ao texto originalmente publicado.
Não serão publicadas quaisquer mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou, ainda, que desrespeitem a privacidade alheia, que tenham caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, ou, ainda, que tenham linguagem grosseira e/ou obscena.
Não serão publicados comentários que tentam se aproveitar deste espaço democrático para “destacar” outros sítios ou blogues ou, ainda, que tenham por objetivo comercializar produtos ou serviços.
Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao tema comentado também serão descartados.


Copyright © 2002/2013 - O Bê-á-bá do Sertão - Todos os direitos reservados
Contatos: (0xx83) 9967.1500 - Paraíba - Brasil
E-mail para contatocomercial@obeabadosertao.com.br