Sony anuncia encerramento das atividades na Zona Franca de Manaus

Em 16/09/2020

Tempo de leitura: 1 minuto

Após 48 anos  Sony anunciou o encerramento de suas operações no Polo Industrial de Manaus (PIM) em março de 2021.

A indústria de capital japonês, mantinha, conforme dados da Superintendência da Zona Franca de Manaus (ZFM), cerca de 2 mil postos de trabalho até o exercício de 2018. A fábrica do Polo Industrial de Manaus já chegou a ter mais de 3 mil funcionários. A Sony já vinha reduzindo a produção no Brasil nos últimos anos e em 2019 deixou de vender celulares no Brasil.

A organização informou o encerramento de atividades em comunicado enviado a varejistas nesta segunda-feira(14Setembro2020), quando explicou que está encerrando suas atividades no Brasil e vai abandonar o segmento de TVs, áudio e câmeras no nosso país.

Os equipamentos fabricados pela Sony terão a venda interrompida até junho do ano que vem, enquanto que os consoles da marca PlayStation continuarão sendo vendidos por aqui, mas apenas através de um distribuidor.

A Sony também confirmou que vai fechar sua fábrica de eletroeletrônicos em Manaus ao fim do mês de março do ano que vem. Nos meses seguintes, todas as vendas de produtos Sony dos segmentos afetados devem também ser interrompidas no Brasil, mas a marca ainda não deu uma data concreta para tal.

A companhia alegou que o ambiente e as tendências de negócios a levaram a tomar essa atitude.

Confira o comunicado

Demissões confirmadas


Tags: Áudio, Câmeras, Fábrica Manaus (AM), Fechamento consulado chinês EUA, Fechamento fábrica Sony, Grupo Sony, PIM, Polo Industrial de Manaus, Sony, Sony Brasil Ltda, Superintendência da Zona Franca de Manaus, TVs, ZFM