Com 5G, iPhone 12 custa US$ 799,00 nos Estados Unidos

Em 14/10/2020

Tempo de leitura: 6 minutos

A Apple acaba de anunciar a sua linha iPhone 12 com quatro modelos diferentes em um evento online transmitido nesta terça-feira (13Outubro2020). A mudança de visual, a compatibilidade com a rede 5G e melhoria nas câmeras marcaram o lançamento. Além do celular, a Apple apresentou o HomePod Mini, alto-falante inteligente.

Os preços para o Brasil e a data de lançamento ainda não foram divulgados. Mas a Apple diz que eles chegarão “em breve“. Nos EUA, o modelo mais básico custará US$ 699 e o mais caro a partir de US$ 1.099. O celular mais em conta atualmente da Apple é o iPhone SE (2020), lançado em abril deste ano, por US$ 399 (R$ 3.699 no Brasil).

A linha agora conta com:

iPhone 12 Mini (5,4 polegadas): US$ 699 (64 GB); e US$ 729 desbloqueado e sem plano de operadora iPhone 12 (6,1 polegadas): US$ 799 (64 GB); e US$ 829 desbloqueado e sem plano de operadora iPhone 12 Pro (6,1 polegadas): US$ 999 (128 GB) iPhone 12 Pro Max (6,7 polegadas): US$ 1.099 (128 GB)

A pré-venda dos iPhones 12 e 12 Pro começarão nesta sexta-feira (16Outubro2020) nos EUA. A dos outros dois modelos começa em 6 de novembro.

Só para se ter uma ideia, o iPhone 11 foi lançado em 2019 por a partir de US$ 699 (R$ 4.999 no Brasil), o iPhone 11 Pro por a partir de US$ 999 (R$ 6.999 no Brasil) e o 11 Pro Max por US$ 1.099 (R$ 7.599 no Brasil). E os celulares antigos tiveram os seus preços atualizados por aqui e a surpresa não é muito boa.

Com os lançamentos desta tarde, a Apple passa a comercializar em suas lojas apenas os modelos iPhone SE (2020), iPhone 11, iPhone XR, iPhone 12, iPhone 12 Mini, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max.

As novidades foram anunciadas no terceiro evento 100% online da empresa do ano. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o lançamento dos novos iPhones atrasou cerca de um mês, já que são tradicionalmente apresentados no início de setembro.

Visual moderno ou retrô?

A diferença no tamanho das telas é clara. Elas variam de 5,4 polegadas (13,7 cm) a 6,7 polegadas (17 cm). O iPhone 12 Pro Max tem o maior tamanho de tela já feito pela Apple – o iPhone 11 Pro Max tinha 6,5 polegadas (16,5 cm).

A tela dos lançamentos é feita com um material chamado pela Apple de “ceramic shield” (escudo de cerâmica, em tradução livre), que promete ser mais resistente e proteger quatro vezes mais em uma queda.

A mudança no visual dos novos iPhones também chamou a atenção e talvez divida opiniões. Os aparelhos resgataram um design mais reto e quadrado nas laterais. Muito mais para a estrutura do iPad Pro e diferente do que estávamos acostumados a ver nos últimos anos, com laterais mais arredondadas.Apesar da pegada tida como moderna, algumas pessoas chegaram a associar a estrutura dos lançamentos com a do iPhone 4 e iPhone 5, que eram mesmo mais quadradões.

Sobre outros aspectos, o entalhe na parte frontal permaneceu, o sensor biométrico na tela não existe e um quadrado no canto superior à esquerda permaneceu para abrigar todas as câmeras e o flash.

De acordo com a Apple, o iPhone 12 é 11% mais fino, 15% menor e 16% mais leve do que o iPhone 11.

5G e melhor desempenho

Por dentro, os aparelhos inauguram a presença da Apple na oferta de aparelhos com conectividade 5G. Aqui é bom lembrar que empresas como a Samsung e Motorola já possuem celulares com suporte ao 5G em funcionamento no Brasil.

Além disso, eles trabalham com um novo processador de alto desempenho, o A14 Bionic, desenvolvido pela primeira vez com 5 nanômetros, tecnologia que significa muito mais poder de processamento.

Com uma quantidade 40% maior de transistores, ele consegue ser mais rápido e, ao mesmo tempo, mais eficiente no consumo de energia”, diz a empresa.

Câmeras

O iPhone 12 e o iPhone 12 Mini vão trabalhar com um conjunto de câmera dupla principal com resolução de 12 MP, com uma lente grande angular e outra ultra angular (que aumenta o campo de visão).

Pela primeira vez, o modo noturno funcionará com todas as lentes (a de selfie também) – isso vale comemorar, pois o modo noturno visto no iPhone 11 é muito bom.

Os modelos trabalham com o HDR Inteligente 3, que a Apple resume como um sistema que equilibra elementos da cena com ajuda de inteligência artificial, reconhece rostos e ajusta automaticamente nitidez e cores.

Os modelos da linha “Pro” terão câmera tripla e, pela primeira vez, o scanner LiDAR, visto nos iPads Pro. Basicamente, ele melhora o mapeamento de profundidade do sensor da câmera, o que deve melhorar a experiência em aplicativos de realidade aumentada.

(O scanner) mede o tempo que a luz leva para refletir de um objeto e cria um mapa de profundidade de qualquer espaço“, explica a companhia. O LiDar também vai ajudar no foco automático na hora de tirar fotos (a promessa é de ser até seis vezes mais rápido em pouca luz).

Na hora de gravar vídeos, os modelos devem se sair melhores do que as gerações anteriores. Na apresentação, a empresa destacou a capacidade de gravar vídeos com 700 milhões de cores, 60 vezes mais cores do que o normal. Ou seja, imagens mais realistas e com mais riqueza de detalhes.

Cores

O iPhone 12 e o iPhone 12 Mini serão vendidos nas cores preta, branca, azul, vermelho e verde. Já os lançamentos “Pro” virão com as cores prata, dourada, cinza e azul.

Sem carregador e fone de ouvido

Os lançamentos de hoje serão vendidos sem o carregador de bateria e os fones de ouvido. Na caixa, apenas o aparelho e o cabo.

Segundo a Apple, essa é uma estratégia adotada para reduzir o impacto ambiental do lixo eletrônico. A empresa quer se tornar 100% neutra de produção de carbono até 2030.

MagSafe

Durante o anúncio, a Apple também falou sobre a tecnologia de carregamento sem fio MagSafe, que usa o contato magnético manter o iPhone 12 “grudado” ao dispositivo de recarga de bateria, por exemplo.

Segundo a empresa, o sistema faz com que o celular e o dispositivo fiquem alinhados e pode aumentar a potência de recarga. O novo carregador MagSafe é mais rápido, com 15W de energia. O seu preço não foi divulgado ainda.

Os sensores também ajudarão a integrar o iPhone 12 com outros acessórios, como carteiras magnéticas e capas de celular com ajuda de ímãs.

HomePod Mini

A Apple começou o seu anúncio falando sobre as novidades para o seu alto-falante inteligente. Agora, o mercado terá o HomePod Mini, uma versão menor do dispositivo da Apple lançado em 2017.

O alto-falante funciona com a Siri, assistente de voz da Apple, e serve como um mix entre caixa de som e controle de dispositivos inteligentes (como fechaduras eletrônicas, lâmpadas, eletrodomésticos) por meio da voz.

Ele será vendido nos Estados Unidos por a partir de US$ 99 (R$ 550, na conversão direta) em duas cores: cinza e preto. Não há informações sobre a disponibilidade do produto no Brasil.

Ficha técnica:

iPhone 12 Mini

Tela: Oled de 5,4 polegadas

Sistema operacional: iOS 14

Cores: preto, branco, vermelho, azul e verde

Câmera: dupla principal de 12 MP; frontal de 12 MP

Processador: A14 Bionic

Armazenamento: 64 GB, 128 GB e 256 GB Preço: a partir de US$ 699 nos EUA

iPhone 12

Tela: Oled de 6,1 polegadas

Sistema operacional: iOS 14

Cores: preto, branco, vermelho, azul e verde

Câmera: dupla principal de 12 MP; frontal de 12 MP

Processador: A14 Bionic

Armazenamento: 64 GB, 128 GB e 256 GB

Preço: a partir de US$ 799 nos EUA.

iPhone 12 Pro

Tela: Oled de 6,1 polegadas

Sistema operacional: iOS 14

Cores: prata, dourado, grafite, azul

Câmera: tripla principal (com sensor LiDAR) de 12 MP; frontal de 12 MP

Processador: A14 Bionic

Armazenamento: 128 GB, 256 GB e 512 GB

Preço: a partir de US$ 999 nos EUA.

iPhone 12 Pro Max

Tela: Oled de 6,7 polegadas

Sistema operacional: iOS 14

Cores: prata, dourado, grafite, azul

Câmera: tripla principal (sensor LiDar) de 12 MP; frontal de 12 MP

Processador: A14 Bionic

Armazenamento: 128 GB, 256 GB e 512 GB

Preço: a partir de US$ 1.099 nos EUA.


Tags: bateria Iphone, HomePod Mini, iPhone 11, Iphone 12, iPhone 12 Mini, Iphone 12 pro, Iphone 12 pro max, iPhone 2020, iPhone SE (2020), iPhone XR, iPhones, Lançamento iPhone 12, MagSafe, Novo Iphone