Padre suspeito de embriaguez é detido após causar acidente com morte na Paraíba

Em 17/11/2020

Tempo de leitura: 1 minuto

Um acidente automobilístico com saldo de uma pessoa morta e de outra ferida, ocorrido por voltas das 19h30m deste domingo (15Novembro2020) na BR-104, cercanias da cidade de Esperança (PB), na região do Agreste do Estado, resultou na prisão do Padre José Assis Pereira Soares, da Diocese de Campina Grande (PB), o qual acabou sendo preso suspeito de ser o causador do acidente.

Segundo informações do Delegado Seccional da Polícia Civil Ariosvaldo Adelino de Melo, da cidade de Esperança (PB), o padre se recusou a fazer o teste do bafômetro e aparentemente apresentava sintomas de embriaguez e no acidente conduzindo um veículo Renalt Sandero Stepway, supostamente teria invadido a faixa contrária da pista atingindo a moto.

Por conta disso e também de um tumulto causado pelos familiares das vítimas, sob risco de linchamento, o Padre Assis foi conduzido para a carceragem da Central de Polícia de Campina Grande (PB), para realizar os procedimentos padrões relacionados aos fatos.

Ainda segundo o delegado Ariosvaldo, o acidente envolveu duas vítimas, que estavam em uma moto, uma ficou ferida e foi socorrida para o Hospital de Trauma de Campina Grande onde passou por cirurgia, enquanto que a outra vítima conhecida como Vando, morreu ainda no local.

O padre Assis ainda está preso em Campina Grande (PB), a disposição da justiça.


Tags: Acidente fatal, Atropelamento, Campina Grande PB, colisão, Diocese de Campina Grande, Esperança (PB), Padre preso, Polícia Civil