Bolsonaro desembarcará em Sousa para visitar o Complexo Solar de Coremas

Em 14/09/2020

Tempo de leitura: 2 minutos

O presidente Jair Bolsonaro estará na Paraíba nesta quinta-feira (17Setembro2020), para em companhia de comitiva presidencial cumprirá agenda no período da manhã para participar de inauguração de três usinas de geração de energia fotovoltaica já finalizadas no Complexo Solar de Coremas (PB), município localizado no Sertão do Estado e que já tiveram a energia vendida em leilões promovidos pelo Governo Federal.

O local abriga três parques de geração de energia fotovoltaica com capacidade de geração de 30 megawatts, cada. Com um investimento unitário de R$ 150 milhões, o custo de execução dos três parques resultou num montante de R$ 450 milhões de reais investidos no município de Coremas (PB).

O local ainda está em expansão com a perspectiva de instalação de mais sete parques de usinas de geração de energia fotovoltaica.

Atlas Solarimétrico do Brasil mostra que a Paraíba está em uma área com muita radiação solar
(Foto: Reprodução/Atlas Solarimétrico do Brasil).

Energia limpa

Dos sete, quatro parques estão previstos para ter a construção iniciada em breve e já tiveram a energia comercializada e vendida à Compel, distribuidora do estado do Paraná, no Sul do país. A Compel já fez o leilão e já comprou essa energia que vai permitir já o início das obras, dando continuidade ao Complexo Solar de Coremas.

A perspectiva de investimentos no setor no solo paraibano é de sete bilhões de reais de recursos privados, sendo 5,5 bilhões investidos em Usinas de geração solares e Eólicas, e dois outros investimentos a ordem de 700 milhões cada em linhas de transmissão. A estimativa é da geração de cerca de 25 mil novos postos de trabalho.

Apoio em Sousa (PB)

Informações dão conta que o executivo federal reservou apartamentos num Hotel na cidade de Sousa (PB), para servir como ponto de apoio a comitiva presidencial, município onde provavelmente sediará o pouso de aeronaves de apoio.

Outra informação do Cerimonial da presidência aponta que o deputado federal paraibano Julian Lemos (PSL) não será convidado para acompanhar a comitiva presidencial. Bolsonaro e Julian eram amigos. Julian Lemos foi eleito para seu primeiro mandato de deputado federal em 2018 na mesma eleição em que Jair Bolsonaro foi eleito presidente.

A sinalização que vem de Brasília do não convite ao deputado federal paraibano para o evento com a presença do presidente Bolsonaro em Coremas, no Sertão do estado, parece sepultar de vez alguma chance de os dois políticos sentarem para tomar um café.

O entrevero entre o presidente e o deputado federal ainda deverá render outros capítulos.


Tags: Compel, Complexo Solar de Coremas (PB), Coremas (PB), Energia limpa, Governo federal, Inauguração de três usinas de geração de energia fotovoltaica, Sousa PB