Emagrecendo: O que comer na Dieta da Proteína

Em 09/10/2020

Tempo de leitura: 5 minutos

A dieta da proteína, também chamada de dieta hiperproteica ou proteica, baseia-se no aumento do consumo de alimentos ricos em proteínas, como carnes e ovos, excluindo os alimentos ricos em pão e macarrão.

Comer mais proteínas ajuda a diminuir a fome e aumentar a sensação de saciedade, isso porque atua diretamente nos níveis de grelina ( também conhecida como o “hormônio da fome“)  e de outros hormônios responsáveis por regular o apetite.Dessa forma, as proteínas podem aumentar o metabolismo, ajudando a queimar mais calorias, e a ausência de carboidratos na alimentação faria com que o organismo utilizasse outras fontes de gordura para produzir energia.

É normal que no início da dieta a pessoa sinta um pouco de fraqueza e tontura nos primeiros dias, no entanto esses sintomas normalmente passam após 3 ou 4 dias, que é o tempo necessário para o organismo se acostumar com a falta de carboidratos.

Uma forma mais gradual de retirar os carboidratos e não sofrer é realizando uma dieta low carb.

Alimentos permitidos

Os alimentos permitidos na dieta da proteína são os alimentos ricos em proteínas e que possuem baixo teor de carboidratos, como por exemplo:

  • Carnes magras (retirar toda gordura), peixe, ovo, frango, presunto, presunto de peru;
  • Leite desnatado, queijos brancos, iogurte desnatado;
  • Leite de amêndoas ou qualquer noz
  • Acelga, couve, espinafre, alface, rúcula, agrião, chicória, cenoura, repolho, tomate, pepino, rabanete;
  • Azeite de oliva ou de linhaça, azeitonas;
  • Castanhas, nozes, amêndoas;
  • Sementes como chia, linhaça, gergelim, abóbora, girassol;
  • Abacate, limão.

A dieta da proteína pode ser realizada durante 15 dias com 3 dias de intervalo, podendo ser repetida por no máximo mais 15 dias.

Alimentos que devem ser evitados

Os alimentos proibidos durante a dieta da proteína são as fontes de carboidratos, como cereais e tubérculos, como pão, macarrão, arroz, farinha, batata, batata doce e mandioca. Além de grãos como os feijões, grão de bico, milho, ervilha e soja.

É recomendado também evitar açúcar e alimentos que o contenham, como biscoitos, doces, bolos, refrigerantes, mel e sucos industrializados.

Além disso, apesar de saudáveis, as frutas contêm grande quantidade de açúcar, devendo, por tanto serem evitadas ou não consumidas em grandes quantidades durante a dieta das proteínas.

É importante não consumir esses alimentos durante a dieta da proteína para evitar mudanças no metabolismo que façam o corpo parar de utilizar a proteína e a gordura como fonte de energia.

Cardápio da dieta da proteína

Este é um exemplo de um cardápio completo da dieta da proteína para cumprir facilmente uma semana.

Café da manhã Almoço Lanche Jantar
Segunda Leite desnatado com abacate e ovos mexidos com cebola e páprica Peixe cozido com espinafre temperado com gotas de limão 1 iogurte desnatado com manteiga de amendoim Salada de alface e tomate com atum, temperada com creme de iogurte com coentro e limão
Terça Iogurte desnatado com sementes de linhaça, acompanhado com um rolinho de queijo e presunto de peru Frango grelhado com salada de pepino, alface, tomate, temperado com azeite de oliva e limão Ovo cozido e palitos de cenoura Salmão grelhado com salada de brócolis, cenoura e tomate, temperada com limão e azeite de linhaça
Quarta Café com leite desnatado e 1 ovo cozido Omelete com queijo e presunto e salada de rúcula temperada com azeite de oliva e limão Iogurte desnatado com sementes de chia e 2 fatias de queijo Macarrão de abobrinha com carne moída e molho de tomate natural
Quinta Vitamina de abacate com leite desnatado Atum fresco grelhado com acelga e temperado com azeite de linhaça Suco de limão com ovo e 1 fatia de presunto de peru Peito de peru assado com tomate e queijo ralado com azeite de olive, acompanhado de salada de rúcula e cenoura ralada e temperada com limão
Sexta Iogurte desnatado e ovo mexido com acelga e queijo Berinjela recheada com peito de frango desfiado e refogado com páprica, cebola gratinada no forno com queijo ralado Vitamina de abacate batido com leite de amêndoa Omelete com espinafre e cebolas salteadas
Sábado Leite desnatado com 2 rolinhos de queijo e presunto Salada de alface, rúcula e pepino com abacate picado e queijo ralado e ovo cozido com molho de iogurte, salsa e limão 3 nozes e 1 iogurte desnatado Creme de cenoura com pedaços de queijo branco em cubos e coentro
Domingo Café com leite de amêndoas e um omelete de queijo e presunto Bife grelhado com aspargos salteados no azeite de oliva Fatias de abacate com manteiga de amendoim Salada de salmão defumada com alface verde e roxa, abacate picado, sementes de chia e nozes, temperada com azeite de oliva e limão

As proporções dos alimentos no cardápio apresentado variam de acordo com a idade, sexo, prática de atividade física e se a pessoa possui ou não doenças, por isso, é importante procurar um nutricionista para que seja realizada uma avaliação completa e sejam calculadas as proporções mais adequadas de acordo com a necessidade da pessoa.

O que saber antes de começar a dieta da proteína

Antes de iniciar qualquer dieta, é importante o aconselhamento médico ou de um nutricionista para não prejudicar a saúde.

O nutricionista pode indicar um outro cardápio mais personalizado, levando em consideração as preferências pessoais e possíveis restrições alimentares.Esta dieta não deve ser realizada por pessoas que possuam problemas renais, já que o consumo de grandes quantidades de proteínas podem causar ainda mais danos aos rins.

A dieta só deve ser realizada por no máximo 1 mês, a partir daí é possível manter uma dieta baixa em carboidratos para manter o peso e evitar o déficit ou excesso de alguns nutrientes no organismo.

No caso de ser vegetariano existem alimentos que são ricos em proteínas vegetais, como feijão, grão de bico e quinoa, por exemplo.


Tags: Abacate, Acelga, Agrião, Alface, Alimentos permitidos, Alimentos que devem ser evitados, Alimentos ricos em proteínas, Amêndoas, Cardápio da dieta da proteína, Carnes, Castanhas, Cenoura, Chicória, Couve, Dieta, Dieta hiperproteica, Dieta proteica, Emagrecendo, Espinafre, Iogurte desnatado, Leite desnatado, Limão, Metabolismo, Nozes, Ovos, Peixe, Pepino, Queijos brancos, Rabanete, Repolho, Rúcula, Tomate