Mercado de suínos registra aumento de preços

Em 15/10/2020

Tempo de leitura: 1 minuto

De acordo com análise do Cepea/Esalq, os preços do suíno vivo estão em alta neste início de outubro, influenciados especialmente pelo típico aquecimento na demanda doméstica nesse período. Além disso, a oferta de animais em peso de abate ainda é reduzida.

Segundo a Scot Consultoria, em São Paulo o preço da arroba do suíno CIF subiu 1,94%/2,61%, chegando a R$ 155/R$ 157, enquanto a carcaça especial teve valorização de 1,75%/2,56%, atingindo R$ 11,70/kg/R$ 12,00/kg.

No caso do suíno vivo, segundo informações do Cepea/Esalq, referentes à sexta-feira (09Outubro2020), houve alta nas principais praças produtoras.

Em São Paulo, o preço subiu 1,34%, cotado em R$ 8,29/kg, avanço de 1,16% no Paraná, com preço de R$ 7,88/kg, aumento de 0,85% em Minas Gerais, valendo R$ 8,30/kg, valorização de 0,41% no Rio Grande do Sul, com preço de R$ 7,29/kg, e de 0,38% em Santa Catarina, fechando em R$ 7,83/kg.


Tags: Cepea/Esalq, Leitão, Peso de abate, Porco, Preço da arroba do suíno CIF, Preços do suíno vivo, Suino, Suíno vivo