Homem que estuprou e enterrou garota viva é executado com injeção letal

Em 27/11/2020

Tempo de leitura: 1 minuto

A execução ocorreu 26 anos após o crime. A jovem foi morta como forma de vingança contra seus irmãos.

Um homem que sequestrou e estuprou uma garota antes de enterrá-la viva foi executado por injeção letal nos Estados Unidos na última semana.

Orlando Hall foi condenado por seu papel no horrível no crime contra a irmã, de 16 anos, de dois traficantes de drogas que ele suspeitava terem roubado seu dinheiro.

Em 1994, Hall deu aos dois irmãos, que conheceu em um lava-rápido, US $ 4.700 para comprar maconha, mas quando falou com eles novamente, ambos afirmaram que tanto o carro e como o dinheiro haviam sido roubados.

Acreditando ter sido enganado, Hall e mais quatro comparsas foram até a casa dos irmãos em Arlington, Texas, para exigir o dinheiro.

No entanto, segundo a investigação, quando chegaram no apartamento encontraram Lisa Rene sozinha.

Ela foi sequestrada como forma de vingança.

Conforme a acusação, Lisa foi estuprada repetidamente por dois dias, espancada, antes de ser levada para uma área de mata, onde já haviam cavado sua cova.

Eles então amarraram um lençol na cabeça da vítima e desferiram pelo menos dois golpes de pá contra ela, um deles quando a jovem tentou correr durante uma tentativa desesperada de não ser assassinada.

Seu corpo foi encontrado oito dias depois e o legista afirmou que ela morreu sufocada após ser enterrada viva.

Complexo Correcional Federal Terre Haute – Indiana – EUA.

Hall foi executado às 23h47m de quinta-feira (19Novembro2020), horário local.

Uma declaração sobre a execução, em nome da família de Lisa, foi emitida.


Tags: Estados Unidos, Estupro, eua, injeção letal, Lisa Rene, Orlando Hall, Pena de morte, sequestro