Agronegócio não inclui maconha, diz Bolsonaro

Em 23/09/2020

Tempo de leitura: 1 minuto

O presidente da República, Jair Bolsonaro, comentou, nesta terça-feira (22Setembro2020), sobre um projeto de lei que regula o plantio de canabidiol para fins medicinais.De autoria do deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE), a matéria está em discussão na Câmara e permite as atividades de cultivo, processamento, pesquisa, armazenagem, transporte, produção, industrialização, comercialização, importação e exportação de produtos à base de cannabis.

Os extratos da planta poderão ser utilizados para fins medicinais humano ou veterinário, de acordo com o texto do projeto.Em interação com populares na parte da frente do Palácio da Alvorada, no fim da tarde de ontem, Bolsonaro respondeu a uma apoiadora, que apelou contra o texto.

Comigo não tem liberação de droga nem plantio, tá? Fica tranquila. O agronegócio não inclui maconha, não”, disse Bolsonaro.Ao comentar sobre as críticas da imprensa ao seu discurso na Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), o chefe do Executivo disse que “se a mídia está criticando é porque o discurso foi bom”.


Tags: Armazenagem de Maconha, Bolsonaro, Cannabis, Comercialização de Maconha, Cultivo de Maconha, Exportação de Maconha, Importação de Maconha, Industrialização de Maconha, Liberação da maconha, Maconha, Pesquisa de Maconha, Plantio de canabidiol, Processamento de Maconha, Produção de Maconha, Produtos à base de Cannabis, Transporte de Maconha