Causa da morte de ex-ginasta Ana Paula Scheffer será investigada

Em 20/10/2020

Tempo de leitura: 1 minuto

A ex-ginasta que conquistou medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, morreu enquanto dormia e foi encontrada pela mãe.

A causa da morte da ex-ginasta Ana Paula Scheffer ainda é incerta. O primeiro exame do Instituto Médico Legal (IML) do Paraná liberado no sábado (17Outubro2020) foi inconclusivo. A ex-atleta da seleção brasileira de ginástica rítmica, que tinha 31 anos, foi encontrada morta na sexta-feira (16Outubro2020) em Toledo (PR). A mãe da treinadora foi chamá-la no quarto, e, ao não receber resposta, encontrou-a sem vida.

Ana Paula Scheffer ganhou medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007. Familiares disseram que a suspeita é que ela tenha tido um infarto fulminante. A ginasta foi sepultada em Toledo no sábado (17Outubro2020).

Além do bronze no aparelho arco no Pan do Rio, Ana Paula participou do Pan da modalidade em 2005, dos Jogos Sul-Americanos de 2006, em Buenos Aires, e de 2010, em Medellin, além do Mundial de Ginástica Rítmica de 2009, no Japão. Depois disso, perdeu espaço na seleção para outra atleta de Toledo, Angélica Kvieczynski.

Difícil descrever os sentimentos nesse momento. Hoje o céu ganhou uma estrela que já brilhou muito na terra. Foram tantos anos treinando juntas, tantos aprendizados. A ginástica brasileira perde mais uma de suas estrelas. Ana que Deus te receba. Que seu descanso seja tranquilo. Você estará para sempre nas minhas preces”, escreveu Angélica no Instagram.

Ana Paula era técnica da equipe de Cascavel. Foram anos de dedicação a frente da GR Cascavel, uma história construída com esforço, dedicação, empenho e muito amor. Estamos com o coração em pedaço sem acreditar nessa repentina perda, mais felizes por ter tido a oportunidade de conviver e aprender tanto com ela, Scheffer como era carinhosamente chamada deixou um legado de luta e amor pela GR, foi uma brilhante ginasta e ainda se tornou uma técnica excepcional”, escreveu a equipe no Instagram.

View this post on Instagram

Com imensa tristeza comunicamos o falecimento precoce de nossa técnica Ana Paula Scheffer. Foram anos de dedicação a frente da GR Cascavel, uma história construida com esforço, dedicação, empenho e muito amor. Estamos com o coração em pedaço sem acreditar nessa repentina perda, mais felizes por ter tido a oportudidade de conviver e aprender tanto com ela, Scheffer como era carinhosamente chamada deixou um legado de luta e amor pela GR, foi uma brilhante ginasta e ainda se tornou uma técnica excepcional. . Vc brilhou na terra, agora irá brilhar no céu! Descanse em paz 🙏 . Ana Paula foi encontrada sem vida pela mãe, que foi acorda-lá. O IML irá confirmar o motivo do óbito.

A post shared by Ginástica Rítmica Cascavel PR (@grcascavel) on

Em nota, a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) publicou mensagem no Instagram:


Tags: Ana Paula Scheffer, CBG, Confederação Brasileira de Ginástica, Ex-ginasta, GR Cascavel, Jogos Pan-Americanos, Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, Jogos Sul-Americanos de 2006, Medalha de Bronze, Mundial de Ginástica Rítmica de 2009, Toledo (PR)